quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Portugal está preparado para uma Monarquia?

“Monarquia” é uma palavra que parece assustar os portugueses. Lembra, aos menos informados, os reinados absolutistas, de reis que mandam e desmandam, sem escrúpulos e sem preocupações para com o seu povo; ilude as pessoas para um sectarismo e snobismo em detrimento de uma minoria da sociedade, para um mundo onde os duques, marqueses e condes têm as suas regalias junto do monarca, onde o povo é oprimido e obrigado a trabalhar... Esta realidade não poderia estar mais longe da actual verdade. Mas na escola é isso que nos ensinam desde pequenos: que a República nos veio salvar das garras malévolas da Monarquia! O ódio por parte dos republicanos dos nossos 800 de História como Monarquia é impressionante. Os portugueses não têm medo de uma realidade, têm medo de uma utopia, de uma era que existiu (se é que existiu em Portugal) há pelo menos 400 anos, têm medo de uma realidade inventada pelos mais acérrimos republicanos. Se olharmos bem para a nossa História veremos que, do sonho de muitos monarcas, saiu o povo livre que somos hoje, veremos o sacrifício que todas as nossas famílias reais fizeram para que nós hoje sejamos quem somos: PORTUGAL.
Em todas as Monarquias da Europa, sejamos sinceros, o Rei não tem poder real absolutamente nenhum. O que o Rei nos trás que um Presidente nunca pode trazer é uma digna representação do nosso país no estrangeiro, uma estabilidade política sem vínculos partidários, uma personificação dos valores da família e de total entrega ao serviço da Nação, uma educação de uma vida inteira para ocupar o cargo de chefe máximo do país. Muita gente poderá afirmar que o Presidente da República preenche muito bem todos estes parâmetros. A esses dir-lhes-ei que não nos podemos esquecer que somos um país periférico, pequeno, que depende da União Europeia para sobreviver, caminhando cada vez mais para uma homogeneidade europeia. Pois tenho a dizer que não sou europeu, sou português! E como português quero um Rei que defenda o meu país, os produtos e a cultura portuguesa, que seja elemento aglutinador da nossa Gente, do Povo português!
O pensamento pequeno de muita gente inteligente de que com uma Monarquia voltaríamos a ter privilégios com uma aristocracia esquece-se que nos dias de hoje continuamos a tê-la com doutores, professores, engenheiros (que algumas vezes até não o são), com dinastias políticas, com barões da economia e uma série de outras personalidades que vivem e que sugam este regime onde vivemos. Oportunistas haverá sempre, e não podemos pensar que é por haver um Rei ou um Presidente que todos os problemas de Portugal se resolverão. Não é por escolhermos um ou outro regime que deixará de haver escândalos sociais e políticos, corrupção, tráfico de influências, lavagem de dinheiro, etc..., porque tudo isto, infelizmente, faz parte da humanidade.
Não tenhamos ilusões! Debatamo-nos pela Monarquia pelas razões certas!
Se Portugal estará preparado para uma Monarquia??

Penso que Portugal está a gritar por Ela há muito tempo.
Bruno Silva

3 comentários:

Du SC disse...

Grande Texto! esta optimo Ttito, ai desculpa, Bruno! LOL

Daniel Nunes Mateus disse...

Expressa apenas a realidade! Só isso fala por si e têm o seu mérito merecido

sou aquilo que sou... disse...

não creio que portugal esteja preparado, actualmente. os portugueses necessitam de mais formaçação e mlhr conhecimento na verdade...