sexta-feira, 20 de novembro de 2009

A Ètica e a fallta dela


Nestes últimos tempos, a entrarmos no centenário da Republica, desdobra-se o leque de actividades ditas "Republicanas", uma delas é uma conferencia que será algures por Lisboa, Como grande convidado, o "Senhor Grande Arquitecto" Mário Soares, tem de seu nome, A ética Republicana.


Eu pensei ir, porque? quero ver o que o nosso antigo chefe de estado e "Pai" da Liberdade e Democracia, tudo palavras muito usadas mas pouco metidas em pratica, pois não nos podemos esquecer da grande liberdade das primeiras Republicas e mesmo actuais nos deram, liberdade religiosa? Ou democracia? Pois a prova que em Republica muito facilmente se acaba com a liberdade é os anos de ditadura, possíveis em Republica!


A ética será para a republica a deontologia por onde se rege a mesma, mas posso transcrever mais especificamente umas afirmaçoes de Jorge Sampaio: "A ética republicana exige competência, devoção ao serviço público, transparência, disponibilidade para abandonar o cargo exercido a outros melhores, nos termos da lei. A ética republicana exige que o funcionário sirva a República e proíbe-o de se servir da República para promover os seus fins pessoais ou os de um determinado grupo..."


Isto é o que nos andam a tentar mentalizar desde 1910, mas será que o Povo Português continua a cair? Não se lembra de Afonso Costa que colocou os Cunhados, Irmão e Amigos em altos cargos da Republica? O mais recentemente, ate com o senhor que faz estas mesmas afirmacoes, manda cair o governo de Pedro Santana Lopes, para beneficiar o partido que o colocou na cadeira?


Será etnicamente correto um regime Assassino? Que tem como grande orgulho e como começo a morte de um Chefe de Estado e de seu Filho, e expulsa de maneira ordinária, reles a Família que tão bem nos Governou e nos deu o Pais que ainda hoje temos! Será etnicamente correcto?


A meu ver esta Republica teria toda a ética, e talvez o tenha, se consideraram a Republica com a Definição de Bananas, uma Republica das Bananas, uma Republica de Fantasia, onde hoje o PR está preocupado com as escutas e fuga de informação e amanha foi um equivoco, onde hoje o partido que conseguir ter a melhor campanha politica ganha e coloca la um PR e daqui a 4 anos vai outro porque é mais simpático e é do Sporting! Meu Deus é este o mau estado do nosso Estado!


É a ética que temos, em pleno 2009, quando se corta principalmente ajudas em instituições sociais e pede-se aos portugueses que apertem o cinto, o nosso Estado vai gastar 155 milhões de euros em actos festivos da Republica? Eu gostaria de Perguntar a todos os Portugueses, de uma forma neutra, se consideram de festejar estes 100 anos? E sim em que mudou para melhor?


Volto a perguntar é ética ou falta dela?
Duarte Seabra Calado

1 comentário:

Daniel Nunes Mateus disse...

Caro Duarte:
O que eles querem agora impingir são noções de ciência politica e Direito Constitucional